Domingo, 20 de Junho de 2021 19:34
71992727997
Esportes ELIMINATÓRIAS

Eliminatórias da Copa: Depois de 36 anos Brasil quebra tabu, vence o Paraguai e continua invicto na competição

A seleção consegue o sexto triunfo em seis jogos e dispara com 18 pontos ganhos

09/06/2021 01h13 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Correio/Redação Virou Manchete
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

O Brasil segue 100% nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Na noite desta terça-feira (08/06), a seleção bateu o Paraguai por 2x0 no Defendores del Chaco, em Assunção. De quebra, além de manter a invencibilidade, também quebrou um tabu de 36 anos - desde 1985, não ganhava na terra do rival. Aquela vitória, aliás, foi pelo mesmo placar. 

Veja os melhores momentos e com os gols da Seleção Brasileira.

                               

Essa foi a sexta vez que o Brasil triunfou na competição em seis jogos. Alcançou os 18 pontos e abriu seis de distância da segunda colocada, a Argentina, que tem 12. Na próxima rodada. que será disputada apenas em setembro, o Brasil enfrenta o Chile, em Santiago. Fred está suspenso, pelo terceiro cartão amarelo.

O Brasil teve três mudanças em relação ao último jogo, na vitória por 2x0 sobre o Equador, na última sexta-feira (4). Ederson surgiu no lugar de Alisson, mantendo o rodízio de goleiros da seleção. No meio de campo, Lucas Paquetá deu vez a Roberto Firmino. No ataque, a troca já era esperada: saída de Gabigol para entrada de Gabriel Jesus.

Não demorou muito para a última alteração dar certo. Ainda aos três minutos, o camisa 9 recebeu ótimo lançamento na lateral direita, avançou e cruzou. Richarlison tentou o chute, mas furou, e a bola sobrou para Neymar. O craque do PSG tocou na saída do goleiro para abrir o placar.

Foi o 66º gol de Neymar com a camisa da seleção. O atacante igualou Romário e Zico na artilharia da equipe canarinha em Eliminatórias, com 11 gols, cada, sendo o 5º dele pela atual edição.

Apesar de estar na frente no placar, o Brasil seguiu melhor que o Paraguai no primeiro tempo, criando ótimas chances. Uma delas aos cinco minutos, de novo em lance com Gabriel Jesus e Neymar. Após a dupla tabelar, o jogador do Manchester City tentou finalizar para o gol de Antony Silva, mas foi bloqueado.

Pouco depois, foi a vez de Ederson brilhar. Alderete ficou com a sobra perto da área do Brasil e mandou com muita força uma bomba, obrigando ótima defesa do goleiro brasileiro.

O segundo gol canarinho podia ter saído aos 12 minutos, quando Richarlison ganhou lançamento de Fred. Só que ele dominou mal e finalizou em cima do arqueiro do Paraguai. Aos 23, veio o troco paraguaio: Rojas fez jogada individual, Almirón ficou com a bola e chutou, mas Militão salvou.

Ainda no primeiro tempo, Neymar, em noite de destaque, teve chance em cobrança de falta, mas a bola foi pelo lado esquerdo do gol. No último lance da etapa, Richarlison recebeu ótimo lançamento e balançou as redes, mas foi flagrado em posição de impedimento. O lance foi analisado pelo VAR, que confirmou a posição irregular.

Na volta do intervalo, o Paraguai bem que tentou fazer um gol nos primeiros minutos da etapa final, em cabeçada de Gustavo Gómez, mas Ederson defendeu.

Não demorou muito para o Brasil sair da pressão inicial do anfitrião e voltar a criar oportunidades. Aos nove, Neymar cruzou, Marquinhos antecipou a marcação, mas cabeceou para fora. Aos 18, Gabriel Jesus surgiu em jogada pelo meio e deu passe açucarado para Ney dentro da área. O camisa 10 finalizou, tirando tinta da trave.

Com o passar do tempo, porém, o Paraguai voltou a fazer pressão. Nos minutos finais, encurralou a seleção brasileira para seu campo de defesa. O anfitrião ficou perto do empate aos 41, quando Alberto Espínola ficou com a sobra na área e finalizou, para defesa de Ederson.

Mas quem fechou o placar foi mesmo o Brasil. Aos 47 minutos, Neymar fez linda jogada pelo meio e serviu Lucas Paquetá na entrada da área do Paraguai. O meia finalizou de primeira e decretou o 2x0.

FICHA TÉCNICA

Paraguai 0x2 Brasil - 8ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo

Paraguai: Antony Silva, Robert Rojas (Alberto Espínola), Gustavo Gómez, Alderete e Júnior Alonso; Gastón Giménez (Ávalos), Ángel Cardozo (Bareiro), Villasanti (Óscar Romero); Arzamendia e Almirón; Ángel Romero (Samudio). Técnico: Eduardo Berizzo.

Brasil: Ederson; Danilo, Eder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Paquetá) e Roberto Firmino (Douglas Luiz); Gabriel Jesus (Everton), Richarlison (Gabigol) e Neymar. Técnico: Tite.

Estádio: Defendores del Chaco, em Assunção, no Paraguai;
Gol: Neymar, aos três minutos do primeiro tempo; Paquetá, aos 47 minutos do segundo tempo;
Cartão amarelo: Gustavo Gómez, Bareiro, Júnior Alonso e Alderete, do Paraguai; Fred e Gabriel Jesus, do Brasil;
Arbitragem: Patrício Loustau, auxiliado por Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade (trio da Argentina).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias