Segunda, 26 de Julho de 2021 20:32
71996807374
Entretenimento FIQUE SABENDO

Dia do Rock: confira algumas das bandas mais antigas e em atividade atualmente

Celebrado nesta terça-feira (13), o Dia do Rock mostra que o gênero pode ser abrangente e democrático

14/07/2021 09h19
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: CNN
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Nesta terça-feira (13) comemora-se no Brasil o Dia do Rock, a data celebra não só o gênero musical e o estilo de vida, mas lembra o festival Live Aid, que ocorreu em 1985 e reuniu as maiores estrelas do rock, como a banda Queen, U2, David Bowie, Paul McCartney entre outras feras da música.

Para celebrar a data selecionamos algumas bandas mais longevas da história do rock, que ainda estão em atividade, produzindo novas canções e eternizando ainda mais o estilo musical.

Entretanto, vale reiterar que o rock é um dos gêneros mais abrangentes que existe, e para que a lista não fique "injusta" para nenhum fã, consideramos alguns grupos que além da extrema relevância para o cenário musical, ainda se mantém em produtividade atualmente.

A lista de talentos, nacionais e internacionais, deste gênero musical é extensa. E o rock pode ser dividido em muitos temas, conforme explica o cantor e compositor Matheus Pimenta, que nos auxiliou com a seleção por "antiguidade, relevância e produtividade atual".

"Tem os subgêneros, mas é tudo rock'n' roll, que surgiu nos anos 50 e 60. Já tinha uma característica do blues, depois foi entrando um surf music, e aí a gente começa esse festival de subgêneros: folk, rock psicodélico, rock progressivo, hard rock, heavy metal, punk, new wave, rock alternativo, post punk, grunge, ou seja, não tem fim. Por isso é complicado fazer listas, porque você inevitavelmente vai desagradar algumas pessoas", disse. 

Rolling Stones

Os mais longevos, estão em atividade desde 1962 com o vocalista Mick Jagger, o baterista Charlie Watts, os guitarristas Ronnie Wood e Keith Richards. "Quase 60 anos de estrada e convivência", destacou Pimenta.

Em 2020, em meio ao isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírusm, os Rolling Stones presentearam seus fãs ao lançarem uma nova música chamada "Living in a Ghost Town", gravada em parte durante o isolamento.

Iron Maiden

A banda britânica de Heavy Metal foi fundada em 1975 e ainda leva multidões à loucura com seus clássicos "Fear of the Dark", "The Number of the Beast" e "Hallowed be Thy Name". 

O Iron Maiden já tocou no Brasil mais de dez vezes. A estreia dos roqueiros no país foi na primeira edição do Rock in Rio, em 1985. E se você é roqueiro e tem mais de 50 anos, provavelmente você estava lá na multidão. 

"O Iron Maiden é um ícone e fenômeno do Heavy Metal, continuam produzindo coisa nova, e estão juntos desde 1975", afirmou o músico. 

U2

Com Bono Vox no vocal e na guitarra a banda é um fenômeno desde 1976, o U2 coleciona 22 Grammys, maior premiação da música. Os irlandeses continuam produzindo materiais novos para os milhares de fãs no Brasil e no mundo. 

Com um rock mais melódico, o U2 já eternizou clássicos do gênero como "With or without you", "Beautiful Day" e "Sunday Bloody Sunday". 

Metallica

Metallica
Os gigantes do metal, Metallica, retornam ao país. Greta van Fleet também se apresenta
Foto: Divulgação

Os roqueiros do Metallica iniciaram a jornada na música em 1981. "O Metallica começou como uma banda de trash metal e eles foram progredindo, ainda hoje produzem muita coisa". 

Os norte-americanos também são apaixonados pelo Brasil e já tocaram no país diversas vezes, sendo a primeira nos anos 80. A banda viria ao país em 2020 para um novo encontro com seus milhares de fãs, mas os shows foram cancelados devido à pandemia de Covid-19. 

Pearl Jam

Pearl Jam
Show da banda Pearl Jam
Foto: Pearl Jam/Divulgação

"O Pearl Jam não é a mais antiga, está aí desde 1990, 31 aninhos, mas é uma banda que continua produzindo coisas novas", disse Matheus Pimenta.

Criada em Seattle, nos Estados Unidos, na época eles fizeram parte do cenário grunge dos anos 90, ao lado de bandas como Nirvana, Soundgarden e Alice in Chains. 

Os adolescentes do início dos anos 2000 provavelmente sofreram por amor ao som de "Last Kiss", um dos maiores sucessos interpretados por Eddie Vedder, vocal do Pearl Jam. 

"A gente tem muitas bandas antigas, mas elas apesar de trocarem seus membros ainda vivem de um passado glorioso, e são gloriosos e tem todo um mérito por causa disso, mas eu prezo muito peça parte prolífica de cada uma delas", explica o músico. 

"E aí eu acabo deixando de fora bandas importantes como Radiohead (desde 1985 em atividade, 3 ainda produzindo); Red Hot Chili Peppers (desde 1983 e produzindo). Muita gente vai torcer o nariz porque não incluí Pink Floyd, mas não estão em atividade como banda", acrescenta Pimenta.

Cenário nacional

Dentre as bandas nacionais, o músico destaca os Mutantes, que foram extremamente relevantes para muitas bandas no mundo todo. Apesar de não atuarem mais, vale o destaque para Rita Lee, icônica roqueira brasileira.

Com rock psicodélico e formada durante o Movimento Tropicalista no ano de 1966, os Mutantes deixaram o legado representado pela cantora até hoje. 

"A gente ainda poderia o Sepultura, uma banda extremamente relevante nacional e internacionalmente. É uma banda nacional que teve e ainda tem uma projeção internacional muito grande no rock 'n' roll".

O Sepultura foi criado em 1984 pelos irmãos Max e Igor Cavalera e consolidaram-se como uma das mais bem sucedidas bandas de heavy metal. 

A cantora Rita Lee no lançamento do livro "Rita Lee, Uma Autobiografia", em São
A cantora Rita Lee no lançamento do livro "Rita Lee, Uma Autobiografia", em São Paulo
Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo (16.nov.2016)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias