Segunda, 26 de Julho de 2021 20:27
71996807374
Camaçari VOLTA ÀS AULAS

Prefeitura de Camaçari anuncia volta às aulas presenciais na rede pública

O prefeito Elinaldo Araújo anunciou que as aulas presenciais na rede pública de ensino serão retomadas no mês de agosto.

14/07/2021 12h08 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Ascom/PMC
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Através de ações estratégicas com vista a atender aos critérios do protocolo de segurança sanitária, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), está apta para o retorno das aulas presenciais no município. Diante disso e dos diversos esforços que a gestão pública tem realizado na perspectiva de garantir o bem-estar dos estudantes, professores e colaboradores das unidades escolares, na última sexta-feira (9/7) o prefeito Elinaldo Araújo anunciou que as aulas presenciais na rede pública de ensino serão retomadas no mês de agosto.

Para tanto, um novo encontro com os representantes dos conselhos e sindicatos municipais, prevista para acontecer na próxima sexta-feira (16/7), definirá a data do retorno, que pode ocorrer no dia 2 de agosto. A administração municipal destaca que, todas as decisões deverão ser tomadas com base no cenário epidemiológico, que atualmente registra redução de casos ativos e diminuição de ocupação de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em Camaçari, durante a pandemia e visando que a retomada poderia acontecer a qualquer momento, inúmeras intervenções foram executadas. De acordo com a Seduc, em dezembro de 2020, a pasta instituiu o Comitê da Governança da Secretaria de Educação de Camaçari, para monitorar o Plano de Ação para Futuro Retorno às aulas presenciais, através do cumprimento do Protocolo Sanitário (que já foi publicado).

O município garantiu a vacinação de 100% dos docentes e não docentes. As merendeiras receberam formação com foco na prevenção à Covid-19. As orientações seguiram o Guia de Recomendações para a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) no retorno semipresencial às aulas durante a pandemia, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Para proporcionar um local digno, no que tange a estrutura, e que favoreça o aprendizado cognitivo dos estudantes, as escolas municipais passaram por manutenções, requalificações e reformas nas unidades. Totens de higienização estão sendo colocados nas 102 escolas, entre sede e costa, assim como sinalização de distanciamento social, obrigatoriedade do uso de máscaras e redução de números de alunos por sala de aula, a fim de evitar aglomeração e possível contágio.

De acordo com a gestora da Seduc, Neurilene Martins, os profissionais estão ansiosos pelo momento de retorno às aulas presenciais, “Garantimos a vacinação de todos os professores e profissionais da educação. Além disso, foram instituídos os comitês de curadoria e escolar. Nos preparamos e estamos prontos e desejosos para esse retorno, mas estamos cientes de que para que a volta ocorra de maneira segura para a comunidade, é necessário cumprir as medidas de segurança”.

A secretária ainda explica a dinâmica do funcionamento dos comitês. “O Comitê de Curadoria fica responsável pelo planejamento dos conteúdos e atividades a serem desenvolvidas em cada período letivo proposto, curadoria e avaliação e replanejamento. Já o Comitê Escolar que interage com as famílias, acompanha e monitora o acesso dos estudantes e suas famílias”. O retorno das aulas presenciais será em 100% da rede, de forma gradual e escalonada.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias