Segunda, 26 de Julho de 2021 21:05
71996807374
Bahia CAMPANHA

Ações educativas, vacinação e testagem fazem parte da programação do Julho Amarelo em Lauro de Freitas

As equipes de educação em saúde em conjunto com a Vigilância em Saúde do Trabalhador, estarão nas ruas visitando salões de cabeleireiro, estúdios de tatuagem, barbearias e clínicas de estética dando orientações quanto a higienização adequada dos equipamentos perfurocortantes.

14/07/2021 13h34
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Ascom/PMC/Lauro
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

O diagnóstico para as hepatites virais é rápido e de fácil acesso. Com apenas uma picadinha no dedo, em menos de meia hora o paciente recebe o resultado que pode identificar a presença da doença tipo B e C. No Julho Amarelo, mês de combate às hepatites virais, Lauro de Freitas intensificará o rastreio por meio da testagem rápida e vacinação, e ampliará as orientações de prevenção dentro das comunidades e Unidades de Saúde. 

A programação terá início na segunda-feira (19) e seguirá até o dia 23, com ações nas Unidades de Saúde da Família (USF), Unidades de Pronto Atendimento e Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). A abertura será simultânea nestes equipamentos com a participação de técnicos e enfermeiros que realizarão salas de espera, testagens, busca ativa dos sintomáticos e atualização do calendário vacinal das hepatites. 

Além disso, as equipes de educação em saúde em conjunto com a Vigilância em Saúde do Trabalhador, estarão nas ruas visitando salões de cabeleireiro, estúdios de tatuagem, barbearias e clínicas de estética dando orientações quanto a higienização adequada dos equipamentos perfurocortantes. "A hepatite causa uma inflamação do fígado. Estamos chamando atenção para a importância do diagnóstico precoce que é a melhor forma de obter maiores chances de eficácia com o tratamento", disse o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Daniel Assis. 

Em Lauro de Freitas, de segunda a sexta-feira, as 16 USF e o CTA disponibilizam o teste rápido para diagnóstico da doença. Em caso positivo, o paciente realiza exames complementares e é encaminhado para tratamento adequado custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Entre os anos 2000 e 2021 foram diagnosticados 541 casos de hepatites virais em Lauro de Freitas, destes, 204 positivos para hepatite C, 109 para B e 228 para outros tipos da doença.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias