Sexta, 17 de Setembro de 2021 19:01
71996807374
Esportes Rio Grande do Sul

Base da seleção pentacampeã nos Jogos Paralímpicos de Tóquio integra projeto que tem apoio do BRDE

A seleção brasileira de futebol cinco conquistou, no sábado (4/9), a sua quinta medalha de ouro consecutiva em Jogos Paralímpicos.

05/09/2021 10h10 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Secom Rio Grande do Sul
BRDE apoia projeto que promove o esporte adaptado para deficientes visuais como forma de inclusão social - Foto: Buda Mendes / Getty Images / Divulgação
BRDE apoia projeto que promove o esporte adaptado para deficientes visuais como forma de inclusão social - Foto: Buda Mendes / Getty Images / Divulgação

A seleção brasileira de futebol cinco conquistou, no sábado (4/9), a sua quinta medalha de ouro consecutiva em Jogos Paralímpicos. Ao vencer os rivais argentinos na final disputada em Tóquio, os brasileiros mantiveram a hegemonia na modalidade em todas as edições Paralímpicas desde 2004. A base da equipe é formada por jogadores que atuam na Associação Gaúcha de Futebol para Cegos (Agafuc), com sede em Canoas e que conta com o apoio da Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Autor do único gol que garantiu a medalha, Nonato é um dos atletas que integram o projeto Olhar no Presente, Visão de Futuro. Do selecionado brasileiro, fazem parte ainda o goleiro Luan, além de Tiago Paraná e Ricardinho, que já foi eleito três vezes o melhor do mundo na categoria. Por coincidência, treinam ainda na Agafuc dois atletas da Argentina: Padilla e García, igualmente presentes na disputa em Tóquio.

Desde 2017, o BRDE já destinou cerca de R$ 85 mil para apoiar o projeto, cujo objetivo é promover o esporte adaptado para deficientes visuais e incentivar a participação das modalidades esportivas como forma de inclusão. A Agafuc é tricampeã da Super Copa do Brasil e tetracampeã do Brasileiro de Futebol de Cinco, além de heptacampeã do Regional Sul de Futebol de Cinco.

O BRDE também apoia o Projeto Olímpico da Sogipa, em Porto Alegre, que alcançou importantes vitórias em julho nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A judoca gaúcha Mayra Aguiar conquistou a sua terceira medalha olímpica. Com mais esse pódio, ela se tornou a primeira mulher a conquistar três medalhas olímpicas em um esporte individual. Ela já havia levado o bronze nos Jogos de Londres (2012) e no Rio (2016). O porto-alegrense Daniel Cargnin, também integrante do Projeto Olímpico da Sogipa, conquistou a medalha de bronze no judô, na categoria meio-leve.

Incentivos

Como agente de desenvolvimento social, econômico e cultural da região onde atua, o BRDE tem como política apoiar, através das leis de incentivos fiscais, diferentes projetos sociais, do esporte, da cultura e da saúde.

A inciativa constitui parte de sua política de responsabilidade socioambiental e compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aplicando de forma direta recursos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Os pedidos de apoio aos projetos são recebidos exclusivamente em meio eletrônico, por meio do Portal de Incentivos, disponibilizado no site do BRDE. No ano passado foram selecionados 106 projetos nos três estados, que totalizaram R$ 4,3 milhões. Para este ano, o prazo de encaminhamento dos projetos termina no dia 30 deste mês.

Texto: Ascom BRDE
Edição: Secom

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias