Sexta, 17 de Setembro de 2021 19:38
71996807374
Esportes RETORNO

Bahia retorna com partidas do brasileirão na Arena Fonte Nova

O último encontro entre o Bahia e a Arena Fonte Nova aconteceu em fevereiro deste ano, quando o Tricolor empatou em 3 a 3 com o Goiás, pela 36ª rodada do Brasileirão 2020.

14/09/2021 06h33 Atualizada há 4 dias
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Redação: Virou Manchete
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Agora é oficial. O Bahia voltará a usar a Arena Fonte Nova, em Salvador, no próximo dia 18, quando receberá o Red Bull Bragantino, em partida válida pela 2ª rodada do segundo turno (21ª) do Campeonato Brasileiro Série A. A decisão foi oficializada nesta segunda-feira, 13, através do site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O último encontro entre o Bahia e a Arena Fonte Nova aconteceu em fevereiro deste ano, quando o Tricolor empatou em 3 a 3 com o Goiás, pela 36ª rodada do Brasileirão 2020. Desde então, o estádio foi utilizado como hospital de campanha devido a alta de casos da Covid-19 e o Esquadrão mandou seus jogos em Pituaçu e até no Joia da Princesa, em Feira de Santana.  

                               

No final de agosto deste ano, o governador do estado, Rui Costa (PT), já havia informado que a Arena deveria ser liberada para receber as partidas de futebol, assim que fosse desmobilizado os equipamentos para os pacientes com Covid-19. 

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que a previsão para a retirada completa do equipamento hospitalar no local deverá ocorrer nesta quarta-feira, 15 de setembro. A pasta informou que após a desativação de leitos e do fechamento do hospital, a unidade passará por um processo de desinfecção terminal.

A Fonte Nova passou a ser usada como hospital de campanha em junho de 2020, para atender exclusivamente pacientes acometidos pelo coronavírus. Ele foi desativado no dia 16 de outubro e o Bahia voltou a mandar jogos no estádio, mas precisou retornar a Pituaçu após a reativação do complexo hospitalar em março deste ano, em meio a segunda onda da pandemia.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias