Sexta, 17 de Setembro de 2021 19:37
71996807374
Saúde Bahia

Hospital da Arena Fonte Nova é desmobilizado após atender 2.840 pacientes

Com a desmobilização do hospital, que chegou a disponibilizar 200 leitos, os equipamentos serão redistribuídos para as diversas unidades de assistência da rede da Sesab.

15/09/2021 14h40
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Secom Bahia - (Luana Marinho)

Após atender 2.840 pacientes, o Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova foi desmobilizado. A unidade, montada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para ser uma das referências para atendimento a pacientes diagnosticados com Covid-19, funcionou em dois períodos na arena esportiva, em Salvador. No ano de 2020, no período de 7 de junho a 16 de outubro, e em 2020, de 4 de março a 6 de setembro.

Com a desmobilização do hospital, que chegou a disponibilizar 200 leitos, os equipamentos serão redistribuídos para as diversas unidades de assistência da rede da Sesab. Apenas o tomógrafo ficará até dezembro no espaço cedido pela Arena Fonte Nova, caso haja uma eventual necessidade de reativação da unidade. Além do equipamento, a rede de gases também será mantida.

A secretária em exercício da Saúde, Tereza Paim, explica que a taxa sustentada de ocupação de leitos permitiu a desmobilização do Hospital da Arena Fonte Nova. “Fazemos avaliações diárias da situação epidemiológica no estado e verificamos que poderíamos, no momento, desmobilizar a unidade sem prejuízo para assistência ao paciente com Covid-19”, afirma. De acordo com Tereza Paim, o Estado está atento para o caso de surgir novamente a demanda.

Atualmente, a Bahia possui 905 leitos de UTI adulto e 897 leitos de enfermaria adulto destinados para o atendimento a pacientes com diagnóstico de Covid-19. Esses números já chegaram a 1624 leitos de UTI adulto e 1835 leitos clínicos. “Ainda que o total de leitos tenha sido reduzido, a taxa de ocupação está em níveis seguros”, aponta Tereza Paim.

Fonte: Ascom/Sesab

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias