Domingo, 17 de Outubro de 2021 09:27
71996807374
Polícia CAMPANHA EM AÇÃO

Policia Civil lança operação para combater crimes contra o idoso

O objetivo é conscientizar a sociedade sobre o problema e punir as pessoas que praticam esses crimes.

17/09/2021 19h41
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Ascom/PC
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação
Abandono, maus tratos físicos e negligência com os cuidados básicos de higiene e saúde são os tipos mais comuns de violência contra o idoso, segundo dados do Ministério da Saúde. Com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o problema e punir as pessoas que praticam esses crimes, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso (Deati), lança, nesta quinta-feira (16/09), a Operação Raízes.
                                
 
A ação, que acontece entre os dias 16 de setembro e 1º de outubro, vai contar com a participação de equipes dos Departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP) e do Departamento Médico da Polícia Civil (Demep).
 
Nos dias 27, 28 e 29 de setembro, no prédio onde funciona a Deati, nos Barris, um ciclo de palestras será realizado pelo Demep, que também prestará atendimento médico e acolhimento psicológico aos idosos e seus familiares.
 
Além de cumprir mandados de prisão e medidas de proteção vinculadas a crimes contra a pessoa idosa, a Operação Raízes vai arrecadar fraldas geriátricas e produtos de higiene pessoal, que serão doados em lares de acolhimento, no dia 1º de outubro. Os produtos podem ser arrecadados até o dia 30 de setembro, na sede do Demep, que funciona na Rua da Alegria dos Barris, atrás do Prédio Sede da Polícia Civil. 
 
De acordo com a delegada Heleneci Nascimento, titular da Deati, a Operação Raízes vai intensificar o trabalho já realizado pela especializada.
“Estamos ainda mais preparados para receber os idosos, vítimas de diversas formas de violência. Palestras, oficinas socioeducativas e visitas técnicas em instituições de longa permanência também serão realizadas por nossa equipe durante a ação”, destacou a delegada.
 
O Demep não só vai funcionar como posto de coleta para os donativos, como também vai disponibilizar na delegacia enfermeiros para análise de frequência cardíaca, oximetria, saturação, temperatura e aferição de pressão arterial dos idosos.
“Atividades de pilates solo, como alongamento e relaxamento, também serão realizadas por uma equipe de fisioterapia”, acrescentou o diretor do Departamento Médico da Polícia Civil, Gessé de Souza Silva.
“Estaremos prontos para atender situações de mobilização emocional muito intensa, podendo haver o transporte do idoso para uma unidade de saúde. Se algum deles apresentar sintomas da Covid-19, vamos fazer a testagem”, ressaltou o diretor do Demep.
 
A Raízes integra o calendário anual de operações da Instituição. “Além do atendimento presencial na delegacia, também recebemos denúncias por meio do telefone 3117-6080, que funciona 24 horas”, ressaltou Heleneci.   
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias