Domingo, 17 de Outubro de 2021 10:35
71996807374
Internacional Internacional

"Militarismo não combaterá a covid", diz Biden na ONU

Presidente dos EUA exaltou a união das nações, ao defender que o desafio do século 21 é a unidade global  

21/09/2021 19h20
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: R7 - Letícia Sepulveda, do R7

Em discuro na Assembleia Geral da ONU, nesta nesta terça-feira (21), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que o militarismo não combaterá a covid-19. "A resposta militar não será a solução para todos os problemas do mundo. Veja, por exemplo, a covid-19, que está sendo combatida pela ciência", pontuou.

O presidente norte-americano ressaltou que as nações precisam criar um conselho para tratar sobre as ameaças à saúde e exaltou as doações que os EUA fizeram de vacinas contra a covid-19.

Biden fez um discurso exaltando a união das nações. "Este é o desafio do século 21: a unidade global. Iremos garantir a segurança dos nossos alidados hoje e amanhã. (...) Usaremos de todos os meios para que isso ocorra", e ressaltou que trabalha para fortalecer as alianças dos Estados Unidos. 

Para ele, os EUA precisam aumentar a diplomacia e a defesa à democacia. Citou a retirada das tropas americanas do Afeganistão, após 20 anos, e disse que o país não é o mesmo em comparação ao que era quando sofreu os ataques de 11 de setembro de 2001.

As mudanças climáticas também foram parte importante da fala. "O mundo precisa combater as ameaças climáticas, que hoje não encontram fronteiras". Em abril, Biden pediu para que os EUA perticipassem do acordo de Paris novamente.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias