Sábado, 20 de Julho de 2024 09:26
71996807374
Esportes BRASILEIRÃO SÉRIE A

Bahia bate o Fortaleza e continua colado e dividindo a liderança no Brasileirão

Com o resultado, a equipe comandada por Rogério Ceni permanece na 2ª posição do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos somados na tabela de classificação. 

14/06/2024 18h18 Atualizada há 1 mês
Por: Redação: V.M.R.C Fonte: Redação: Virou Manchete
Imagem: Letícia Martins/ecbahia
Imagem: Letícia Martins/ecbahia

Estreando a nova camisa tricolor para a sequência da temporada, o Bahia enfrentou o Fortaleza, em noite pouco inspirada dos comandados por Rogério Ceni. Após 12 dias sem ver o tricolor jogar, a torcida azul, vermelha e branca compareceu a Arena Fonte Nova nesta quinta-feira, 13/06, e viu o Esquadrão vencer o Leão do Pici por 1 a 0, com gol marcado por Jean Lucas, mesmo com as dificuldades impostas pelo adversário, que foi melhor durante boa parte do jogo.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DE BAHIA 1X0 FORTALEZA. 

 

Com o resultado, a equipe comandada por Rogério Ceni permanece na 2ª posição do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos somados na tabela de classificação.

                                                 

Primeiro tempo

O primeiro grande momento do jogo aconteceu aos 14 minutos, após bela jogada de Éverton Ribeiro, que encontrou Jean Lucas sozinho, cara a cara com o goleiro adversário, mas o camisa 6 não aproveitou a oportunidade e mandou por cima do gol.

                                                           

Jogando de forma reativa, mesmo com o mando de campo, o Esquadrão até chegou a ficar atrás no placar, após cabeçada de Renato Kayzer balançar o fundo das redes, entretanto, o bandeirinha marcou impedimento, impedindo o gol do Leão do Pici. 

                                                       

Segundo tempo

Já na segunda etapa, o Fortaleza seguiu levemente superior na partida, comandando as ações do confronto, e por volta dos 8 minutos, Kayser quase abriu o placar após cruzamento pela direita, mas a bola passou a centímetros da meta defendida por Marcos Felipe. 

Fazendo uma partida abaixo do esperado pelo torcedor, o Esquadrão teve uma grande oportunidade de abrir o placar aos 16 minutos do segundo tempo. Após vacilo do zagueiro Titi, ex-Bahia, Óscar Estupiñan recuperou a bola e ficou sozinho com o goleiro, no entanto, pecou na hora da finalização e mandou a bola para fora. 

Depois de mais uma trapalhada da defesa do Leão do Pici, a bola sobrou para Biel, e o camisa 11 limpou a defesa para chutar, mas acabou acertando a trave. Na sequência, mais uma boa jogada envolvendo Biel, desta vez, o atacante de beirada achou Estupiñan fazendo a infiltração, e o atacante chutou de primeira, mas parou na defesa do arqueiro adversário. 

Mesmo com dificuldades na partida, a equipe comandada por Rogério Ceni passou a dominar as ações ofensivas, e após as boas oportunidades de Biel e Estupiñan, o camisa 6, Jean Lucas, abriu o placar de cabeça, depois de belo cruzamento de Éverton Ribeiro, por volta dos 35 minutos da etapa final. 

Quatro minutos depois, o goleiro Marcos Felipe fez uma defesa que valeu como gol para a torcida azul, vermelha e branca. Após uma bola longa, Gabriel Xavier não chega a tempo e Machuca, do Fortaleza, teve oportunidade de igualar o marcador, no entanto, esbarrou em uma grande defesa do arqueiro do Esquadrão. 

Próximo duelo

O Tricolor de Aço volta à campo neste domingo, 16, às 18h30, em duelo válido pela 9ª rodada do Brasileirão Série A, contra o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse.

FICHA TÉCNICA:

Bahia 1 x 0 Fortaleza – 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 
Local
: Casa de Apostas Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) (RS) 

Data: 13 de junho de 2024, quinta-feira Horário: 21h30 (de Brasília) 
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos do MG)
VAR: Daiane Muniz (SP)
Gols: Jean Lucas (Bahia). 
Cartões Amarelos: Kanu, Caio Alexandre, Marcos Felipe, Yago Felipe, Carlos de Pena (Bahia).
Escalações:

Bahia - Marcos Felipe; Gilberto (Cicinho), Gabriel Xavier, Rezende e Luciano Juba; Caio Alexandre, Jean Lucas, Everton Ribeiro (Yago Felipe) e Cauly (Carlos de Pena); Ademir (Biel) e Everaldo (Oscar Estupiñán). Técnico: Rogério Ceni.

Fortaleza - João Ricardo; Tinga, Emanuel Brítez, Titi e Felipe Jonatan; Pedro Augusto, Zé Welison (Machuca), Martínez (Pedro Rocha) e Hércules (Pochettino); Renato Kayzer (Lucero) e Breno Lopes (Yago Pikachu). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias