Terça, 26 de Outubro de 2021 20:34
71996807374
Animais K9 KALEO

Conheça o novo mascote da PRF na Bahia, o pastor alemão K9 Kaleo

Seu nome é K9 Kaleo, um cachorro da raça Pastor Belga Malinois

11/03/2021 11h12 Atualizada há 8 meses
Por: Redação: V.M.M.S. Fonte: Redação: Virou Manchete
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Rodoviária da Bahia (PRF-BA) tem um novo mascote. Seu nome é K9 Kaleo, um cachorro da raça Pastor Belga Malinois, uma das que mais se destaca no enfrentamento ao tráfico de drogas e outros ilícitos, pois assimilam com mais rapidez e eficiência os comandos dos treinadores, além de possuírem um olfato mais apurado.

Ele chegou em fevereiro deste ano e já integra o Grupo de Operações com Cães do estado (GOC-BA), na cidade de Vitória da Conquista.

Kaleo foi cuidadosamente selecionado na sua linhagem familiar e desde então vem sendo submetido a um rigoroso e sistemático protocolo de treinamento e socialização que envolve visitas a shopping center até um movimentado terminal rodoviário, visto que a PRF realiza também trabalhos sociais com crianças, adolescentes e com o público em geral.

Recorde
Em 2020, a PRF-BA se destacou pelo recorde de armas de fogo retiradas de circulação das estradas federais que cortam o país. Também registrou um aumento expressivo nas apreensões de munições e drogas como cocaína e ecstasy.

Esses números refletem as estratégias da instituição ao apostar em um policiamento cada vez mais especializado e diversificado, que conta com informações orientadas de inteligência, ferramentas de tecnologia e operações integradas.

Nesse contexto, a utilização de cães farejadores pela PRF se transformou em um diferencial no enfrentamento ao tráfico de drogas e outros ilícitos dentro e fora das BRs.

Os cães de faro possuem um olfato cerca de 50 vezes maior que o dos seres humanos. O nariz do ser humano conta com cerca de 5 milhões de células olfativas. Um número pequeno, se comparado às 250 milhões de células que há no focinho do cachorro.

Graças ao seu olfato apurado, os cachorros conseguem detectar uma variabilidade maior de cheiros e se tornaram cruciais nas operações policiais. Com o auxílio dos cães farejadores as fiscalizações em veículos tornaram mais assertivas na busca de ilícitos.

Os animais precisam ser dóceis e bastante sociáveis, mas ao mesmo tempo são treinados para agir na detecção de drogas.

Principais raças de cão farejador
Labrador, Pastor Alemão, Rottweiler e Pastor Belga são algumas das raças mais utilizadas pela polícia, destacando características valiosas que vão além da grandiosa sensibilidade olfativa canina.

Coragem, lealdade, obediência e energia são fatores extremamente importantes em um cão farejador. Treinados desde filhotes, os cães policiais são do tipo que adoram trabalhar para agradar seus donos e, incentivados a desenvolver o seu sentido olfativo desde pequenos, podem ser usados para a identificação e busca dos mais diferentes itens.

O GOC na Bahia
Na Bahia, o Grupo de Operações com Cães (GOC) da PRF foi fundado em 2018 e possui quatro cães farejadores, que além do K9 Kaleo, compõem os binômios o K9 Friedel, o K9 Raia e a cadela K9 Ruth, todos capacitados no faro de armas, munições, drogas e seus derivados.

Os policiais rodoviários federais lotados no GOC, possuem formação em curso especializado da PRF para atuar com cães farejadores, e que pela natureza da atividade acabam criando um forte vínculo com o cão. O K9 atua como uma extensão do policial nas ações, em uma verdadeira relação de confiança e parceria.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias